Nostalgia: Castelo Rá-Tim-Bum

castelo
Bum Bum Bum Castelo Rá Tim Bum

Se você acha que quando crescer e virar um adulto responsável vai parar de cantar músicas de abertura de programas infantis….Você está enganado, não é assim que funciona!

Gente, pensa em uma criança feliz fazendo esse post. Pensou? Resolvi ouvir TODAS as músicas do programa só pra ver como anda minha memória e me lembrei de tudo. Eu tinha o cd com a trilha sonora! Castelo Rá-Tim-Bum era um dos meus programas F-A-V-O-R-I-T-O-S na infância, não tem como negar.

Criada por Cao Hamburger e Flávio de Souza, a série foi lançada em 1994 e conquistou uma geração de fãs. Hoje, adulta percebo que o universo lúdico da série, além de super divertido, tinha importância na formação da criançada. Como não amar?

A série contava a história de Ninotchka Astrobaldo Stradivarius, para os íntimos Nino (Cassio Scapin), um “garoto” de 300 anos, morador do Castelo Rá-Tim-Bum e aprendiz do tio, o feiticeiro Dr. Victor.

Como Nino se sentia sozinho no castelo fez um feitiço e trouxe mais três crianças para brincar com ele: Zequinha (Fredy Allan Galembeck), Pedro (Luciano Amaral) e Biba (Cinthya Rachel).

zeca.nino.pedro.biba

O castelo tinha muitos outros personagens legais, entre eles o Bongô, Tíbio e Perônio, a cobra Celeste, a Caipora, a bruxa Morgana, Etevaldo e o inesquecível Dr Abobrinha, que queria comprar o Castelo para demolir e construir, em seu lugar, um prédio de cem andares.

Queria reforçar aqui a importância do Dr. Abobrinha lembrando que Pascoal da Conceição se livrou de um assalto quando o ladrão o reconheceu como o vilão da série.

castelo-ra-tim-bum

“Passarinho? Que som é esse?”

Um dos meus quadros preferidos João de Barro e as Patativas. Quando começava uma musiquinha e a câmera mostrava o ninho na árvore da Celeste, a gente sabia que ia conhecer um instrumento diferente.

passarinho

Ai, que momento feliz relembrando tudo isso. Sério! Um programa que falava sobre a importância de lavar a mão antes de comer e dizia que “banho é bom, banho é muito bom”… sabe o que isso significa pra um ser humano com TOC? Tudo gente, tudo!

ratinho

Este post foi inspirado na campanha ‪#‎EuQueroaCulturaViva que pede ajuda ao público para manter a qualidade do canal. Saiba mais aqui.

Mariana

mari

Anúncios

2 comentários sobre “Nostalgia: Castelo Rá-Tim-Bum

  1. Eu amava Castelo Rá-Tim-Bum! Acho que a gente aprendia tanto sem perceber…
    Sei que muitos programas infantis hoje (especialmente os para crianças menores) cumprem funções didáticas. No mais, estou bem por fora do que a TV tem a oferecer de bom às crianças maiores…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s